CÂMARA DE VEREADORES APROVA, EM 1º TURNO, DOAÇÃO DE TERRENO PARA NOVO HOSPITAL DE JANAÚBA

por jan — publicado 22/09/2014 17h42, última modificação 30/08/2018 17h12
A OBRA SERÁ FINANCIADA PELO PARQUE INDUSTRIAL CLARITA, JUNTAMENTE COM A SOCIEDADE CIVIL DE JANAÚBA

Foto Oliveira Júnior

Dirigentes do Parque Industrial Clarita em reunião da Câmara Municipal de Janaúba informando sobre a participação do empreendimento na construção de unidade hospitalar nesta cidade.

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A Câmara Municipal de Janaúba aprovou nessa segunda-feira, dia 15 de setembro, em 1º turno, o projeto de lei do executivo municipal que trata da doação de um terreno de 15 mil metros quadrados (1,5 hectare) de uso institucional da prefeitura, no bairro Boa Vista, para a Irmandade Nossa Senhora das Mercês, mantenedora da Santa Casa de Montes Claros visando a construção de um hospital nesta cidade, no qual seja incluído o serviço de Oncologia (câncer). O projeto de lei deverá ser submetido à votação em 2º turno na reunião de segunda-feira, dia 22.

A diretoria da Santa Casa de Montes Claros reiterou o desejo em instalar um hospital para atendimento da população carente de Janaúba. Pelo menos é o que consta no ofício encaminhado na semana passada pelo provedor da Santa Casa, Heli de Oliveira Penido, à Câmara Municipal de Janaúba com relação à tramitação de projeto de lei do executivo municipal que propõe a doação de uma área à referida entidade.

Atendendo solicitação dos vereadores, o presidente da Câmara Municipal de Janaúba, vereador Sérgio Coelho, enviou ofício ao provedor solicitando o manifesto oficial por parte da Santa Casa quanto ao interesse pelo recebimento do terreno e também da implantação do hospital, inclusive com o serviço de Oncologia. O projeto de lei está em tramitação e a confirmação da entidade beneficiária era necessária para o prosseguimento da análise e votação da proposição.No ofício encaminhado essa semana aos vereadores de Janaúba, o provedor Heli Penido explica que a Santa Casa se responsabiliza pela elaboração do projeto civil de edificação que norteará a construção do hospital. “A obra será financiada pelo Parque Industrial Clarita, juntamente com a sociedade civil de Janaúba”, cita o provedor no ofício ao completar dizendo que a atribuição à empresa e à população é em conformidade com o compromisso firmado anteriormente. Ele não menciona quem firmou o compromisso, mas pelo que consta na documentação do projeto de lei teria sido feito entre a prefeitura e a empresa. Mas, o executivo esclarece que lhe caberá somente a doação do terreno.

Ainda no ofício emitido ao legislativo janaubense, o dirigente da Santa Casa ressalta que a “aquisição de todo o equipamento hospitalar, a disponibilização de médicos para o atendimento, bem como a administração do novo hospital, ficarão sob a responsabilidade da Santa Casa”. Na reunião desta semana, momento antes da votação em 1º turno, o plenário da Câmara aprovou solicitação junto ao Parque Industrial Clarita o manifesto, por escrito, dessa empresa quanto ao comprometimento na construção do hospital.

O custo da construção desse hospital dependerá da elaboração do projeto civil de edificação. Existe a possibilidade do projeto de lei de doação de 15 mil metros quadrados da área de uso institucional para a Santa Casa implantar o hospital em Janaúba (a cidade possui dois hospitais: o Hospital Regional que é mantido pela Fundação Hospitalar de Janaúba/Prefeitura, municipal, e o Sagrado Coração de Jesus, mantido pela Fundação de Assistência Social de Janaúba/Fundajan, filantrópico) ser votado em segundo e último turno na próxima reunião ordinária da Câmara Municipal de Janaúba. (Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Janaúba)