CÂMARA DE JANAÚBA VAI INSTITUIR CPI SOBRE IRREGULARIDADES NO HOSPITAL REGIONAL

por jan — publicado 24/02/2016 16h51, última modificação 30/08/2018 17h12
Vereadores estiveram no hospital e constataram a falta de equipamentos e medicamentos

Foto Oliveira Júnior

Armando Peninha Batista, presidente da Câmara de Vereadores de Janaúba: prudência e decisão regimental e constitucional.

 

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A Câmara Municipal de Janaúba deverá instalar na quinta-feira, dia 25 de fevereiro, ou sexta-feira, 26, desta semana uma Comissão Processante de Inquérito (CPI) para apurar irregularidades na Fundação Hospitalar de Janaúba, mantenedora do Hospital Regional que enfrenta uma das piores crises da sua história. O presidente da Câmara, vereador Armando Peninha Batista deverá emitir ainda hoje a convocação para a reunião extraordinária na qual poderá ser formalizada a CPI.

O vereador Paulo Roberto de Oliveira, o Pauleca (PRB), sugeriu na reunião ordinária dessa segunda-feira, dia 22, a instituição da CPI diante das denúncias formuladas tanto pela direção quanto pelos funcionários da unidade hospitalar para. Os vereadores ainda solicitam o prefeito a afastar o secretário municipal de Saúde, Gilson Urbano de Araújo, das funções. Urbano é presidente da fundação hospitalar.

Com uma dívida em torno de R$ 5 milhões e não tendo materiais, dentre eles luvas, e medicamentos, a Fundação Hospitalar perdeu o crédito junto aos fornecedores de equipamentos e insumos. A restrição é por causa da inadimplência da fundação. O atendimento no principal hospital da região da Serra Geral de Minas só não foi suspenso porque os funcionários fizeram uma “vaquinha” e compraram alguns equipamentos de proteção individual (epi), fraldas geriátricas e medicamentos. A direção do hospital solicitou luvas emprestadas do sistema de saúde do município vizinho de Verdelândia.

Na tarde de domingo, dia 21, os vereadores Carlos Isaildon Mendes (PSDB) e João Pereira da Silva, o João da Ambulância (PTC) estiveram no hospital regional e constataram o drama dos funcionários e pacientes diante da precariedade nas condições de trabalho. O presidente da Comissão de Saúde da Câmara, Adauri Soares Cordeiro (PMDB), também compareceu ao Regional juntamente com o vereador Cláudio Fidelix Martins (PSD), da mesma comissão. Esses e outros vereadores relataram na reunião ordinária dessa segunda-feira sobre a crise no sistema de saúde hospitalar. (Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Janaúba)